quinta-feira, 15 de março de 2012

E se...


E se nossas histórias houvessem se unido,
indissoluvelmente,
ao invés de meramente se cruzarem?


E se o destino, em um golpe, não houvesse nos separado,
em linhas distintas
e páginas viradas?


E se houvéssemos sucumbido à vontade de ficarmos juntos,
e nossa juventude se transmudasse na maturidade que ora entregamos?
E se?
E se?
E se?


E se fosse realmente amor?
E aí?


Naiana Carapeba (15/03/2012)

6 comentários:

  1. E se?... difícil, ou quase impossível saber!!! Vivamos tudo que der para viver, vamos nos permitir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos, sim!!! Impossível saber o que tem depois da curva na estrada...

      Excluir
  2. Yes!!! Ai Naiana, quando 'crescer' quero ser assim exatamente como você! Totalmente demais!!

    ResponderExcluir
  3. Que show esse texto! Alias adoro todos, vc escreve de forma consistente! Tão bom de ler! Lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Simone... Bom saber que vc gosta. Merci.

      Excluir

Os posts mais visitados